Acessibilidade

Detran-AM divulga balanço da Operação Corpus Christi

Durante as fiscalizações da Operação Corpus Christi, 23 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). As ações se foram realizadas em várias zonas da cidade e nas saídas da AM-010 e ponte Jornalista Phellipe Daou. Nos cinco dias de operação que iniciou na quarta-feira (30/5) e foi até a madrugada desta segunda-feira (04/6), cerca de 5 mil veículos foram fiscalizados.

Durante o período, foram recolhidos 38 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), 22 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e 77 veículos foram retidos, sendo 46 carros e 31 motos. Entre as infrações registradas estão veículos em mau estado de conservação, licenciamento em atraso, motoristas dirigindo sem possuir carteira da habilitação e motociclistas sem equipamentos de segurança.

Para o diretor-presidente do Detran-AM, Vinicius Diniz, a intensificação das fiscalizações, principalmente, em períodos de feriado prolongado, quando aumenta o número de veículos saindo da cidade, é essencial para a segurança no trânsito tanto dentro da cidade quanto nas estradas. “Neste ano não tivemos registros de acidentes graves envolvendo vítimas fatais em Manaus e nem nas rodovias do estado. Isso mostra que as pessoas estão mais conscientes, que sabem que o Detran-AM está nas ruas realizando periodicamente blitze de fiscalização em vários pontos e isso inibe o motorista infrator e faz a pessoa pensar antes de beber e dirigir”, enfatiza o diretor.

O empresário Caio Lemos parabenizou as medidas adotadas pelo órgão para evitar acidentes de trânsito. “Perdi um primo em um acidente de trânsito, tudo por conta da imprudência de um motorista que dirigia embriagado. Quando vejo o Detran ou a polícia nas ruas fiscalizando o trânsito me sinto mais seguro. Até porque quem está regular e não tenha ingerido álcool ou qualquer outra substância que interfira na direção do veículo não tem por que questionar as fiscalizações, muito pelo contrário, até incentiva essas ações como eu”, afirmou.

As fiscalizações ocorreram em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (Baptran) e priorizou ações preventivas para redução da violência no trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, álcool, direção e ultrapassagem proibidas.

Ações de conscientização – Ações de conscientização a motoristas e passageiros também foram realizadas durante a Operação Corpus Christi pela equipe de Educação para o Trânsito doDetran-AM. Durante as abordagens eram passadas informações sobre os cuidados que devem ser adotados para um trânsito seguro, como o uso correto do cinto de segurança, não ultrapassar em linha dupla e ficar atentos à sinalização e limite de velocidade da via.